domingo, 15 de abril de 2012

NOVOS SONS: Banda Pitanga em pé de Amora - SP

Em março, a Comunidade ARTISTAS inaugurou o "Novos Sons", espaço que tem o objetivo de trazer novidades do mundo da música: novos talentos, ou artistas que estão na estrada há muito tempo, fazem um som legal, mas - infelizmente - não tem um espaço na mídia como deveria. 


Conheçam a banda Pitanga em pé de Amoraque vai de encontro as tendências modernas, faz um som muito bacana, colaborativo onde vale arriscar sem rótulos e receios, poético e teatral (do jeito que a gente gosta).


Assista ao clipe:


Gostou? 
Então, vá no final desse post e baixe o CD da Banda gratuitamente!


O Grupo
Quando falamos em produção musical brasileira do agora, pensamos em estilos, discursos e tendências valorizadas pela mídia cultural, que procura determinar aquilo que é contemporâneo e inovador ao público.

Para ser deveras inovador e contemporâneo não é proibido, entretanto, olhar para trás e mergulhar na fonte do que se produziu nos tempos antigos. Sobretudo depois que a internet facilitou o acesso a ela, através de arquivos completos, raros e inéditos, de compositores e obras populares que, até pouco tempo atrás, jamais imaginaria um jovem músico em formação poder conhecer a fundo e fundamentar os alicerces de seu trabalho nesses insumos do passado.



Formado por jovens na faixa dos vinte e poucos anos, o grupo Pitanga em Pé de Amora demostra como é possível fugir desse lugar comum da canção popular atual, através de uma produção colaborativa em que todas as referências musicais aprazíveis ao seus músicos são propostas sem a obrigatoriedade em seguir padrões pré-estabelecidos.

trabalho coletivo norteia o cancioneiro do grupo, aonde os integrantes, (Angelo Ursini, Daniel Altman e Ga Setúbal, todos eles multi-instrumentistas), se revezam na autoria das composições letradas por Diego Casas, que além de letrista titular, também faz junto com Flora Popovic e Daniel Altman o vocal da maioria das canções.



O caráter colaborativo abrange não só a criação musical, mas também a performance do grupo no palco, evidente no rodízio de instrumentos musicais que se dá ao término de cada música – é um tal de alfaia pra lá, escaleta e caxixi pra cá, baqueta e violão acolá –, sobressaindo a espontaneidade e o improviso de um time centrado em sua vocação: fazer uma música bonita e envolvente de se acompanhar, com letras simples que celebram histórias pitorescas, as melodias e o amor, tal como a temática naïve de um Chico Buarque que falava no alto de seus vinte anos de jovialidade o tempo passado na janela que carolinas e januárias deixavam de ver.

Marchinhas carnavalescas, tangos nazarethianos, baiões e jongos, desprovidos daquele conservadorismo em se manter o estilo tradicional dos ritmos, se misturam de maneira natural com discursos jazzísticos e de vanguarda, tanto na riqueza das canções como nos elaborados arranjos que pontualmente abordam todas essas referências – a exemplo do que Guinga e todos os seus seguidores já provaram ser um caminho viável.

(Zé Carlos Cipriano)

Biografia



O Pitanga Em Pé de Amora nasce da união de cinco jovens músicos paulistanos, com composições próprias e com foco principal na canção brasileira.
O Pitanga fez suas primeiras apresentações na renomada Casa de Francisca, em São Paulo, e em pouco tempo passou a chamar a atenção pela qualidade das composições e arranjos. Em 2009,  o grupo passou a se apresentar com mais frequência na capital paulista, passando por importantes casas do circuito musical da cidade, como o Sesc Pompéia, o Studio SP, o Tom Jazz, Centro Cultural Vergueiro e o Espaço Cachuêra.
No Estúdio Cachuêra, em 2010, o Pitanga gravou seu primeiro CD, Pitanga Em Pé de Amora. Neste mesmo ano, o grupo foi escolhido a “Banda nova - os melhores de São Paulo em 2010-2011” pela Revista Época.
No início de 2011, o grupo lança seu CD, com um show no Auditório Ibirapuera, com lotação esgotada.  Nesse ano, o Pitanga ainda fez diversas apresentações em circuitos na capital e no interior de São Paulo.




Ouça e baixe o cd gratuitamente pelo site: http://www.pitangaempedeamora.com.br/musica.html
Contato: ricfreire@uol.com.br
Twitter: @Pitanga_Amora
Leia o post, que estreou o espaço "Novos Sons", sobre a banda Capitão Rodrigo. Clique AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.