quinta-feira, 30 de maio de 2013

SORTEIO: 2 Bolsas de Estudos para Oficina de Texto com Toninho Vaz - RJ


A Comunidade ARTISTAS promove SORTEIO de DUAS* BOLSAS DE ESTUDOS para Oficina de Texto com Toninho Vaz, editor de texto durante 14 anos da Rede Globo.

* 2 de 50%.

REGRAS DE PARTICIPAÇÃO:
1) Curtir a página da Comunidade ARTISTAS no Facebook:
https://www.facebook.com/ComunidadeARTISTAS
2) Compartilhar esse post na Time Line do seu Facebook + Eu curto a Comunidade ARTISTAS https://www.facebook.com/ComunidadeARTISTAS e quero fazer a
Oficina de Texto com Toninho Vaz.
3) Enviar nome completo para o e-mail: contato@comunidadeartistas.com.br
Assunto: Sorteio
Oficina de Texto com Toninho Vaz.

SORTEIO: 31/06

A Oficina:

-->
Plano para quatro (4) horas de aula
AS PREMISSAS:
A MATÉRIA PRIMA DO TEXTO É A LEITURA.
Significa que quanto mais lemos, mais facilidade temos para escrever. Ler é a matéria prima para escrever. A exigência passa a ser, portanto, de conteúdo.
Exercícios: ler jornais diariamente, revistas semanais, livros.
NÃO SE PODE ENSINAR LITERATURA PARA NINGUÉM. O QUE SE PODE FAZER É INDICAR BONS AUTORES E BONS LIVROS PARA OS ALUNOS.
1 – Como teremos novos alunos, vamos recapitular a INTRODUÇÃO, onde discutimos o ensino da literatura, adotando o método do professor Ezra Pound, conhecido como PAIDEUMA.
  • Segundo Ezra Poud, Paideuma é “a ordenação do conhecimento de modo que o próximo homem ou geração possa achar, o mais rapidamente possível, a parte viva dele e gastar um mínimo de tempo com itens obsoletos”.
O Paideuma é composto por aproximadamente 25 autores, entre eles: Homero, Safo, Confúcio (chineses),Li Tai Po, Catulo, Ovídio, Arnaut Daniel, Dante Alighieri, François Villon, Shakespeare, Tristan Corbière, Arthur Rimbaud.  
Variantes de Pound (não demos na 1ª. Oficina):
A INCOMPETÊNCIA SE MANIFESTA NO USO DE PALAVRAS DEMASIADAS
A POESIA É CONSIDERADA A FORMA MAIS NOBRE DE LINGUAGEM LITERÁRIA, MAIS SOFISTICADA.  MAIS DO QUE O ROMANCE, CONTO, NOVELA. POUND OFERECE DICAS DE ROMANCISTAS-MESTRES: 
·       Técnicas que nos aproximam do melhor exercício da escrita (o lead jornalístico tem várias funções e aplicações além do jornalismo).
·         Combinamos com os alunos para eles criarem um texto qualquer, dentro da linha que mais os interessar, para ser apresentado na próxima aula;
2 –     Exercícios para melhor ajustar um texto. Erros (ou impropriedades) mais comuns. Gramática e criatividade.
3 – Apresentação de textos dos alunos, podendo analisá-los em sala de aula ou posteriormente, por email. Portanto, recomenda-se que os alunos levem para a aula seus próprios textos em tamanho razoável. Momento de apresentar as dúvidas. Se alguém quiser antecipar o serviço, pode passar textos por e-mail, que eu vejo antes do nosso encontro, dia 1º. de junho.
 
O Professor:
Experiência:

Em 2011 publica SOLAR DA FOSSA, um território de liberdade, impertinência, ideias e ousadias (editora Casa da Palavra). 252 páginas

Em 2007 escreve O Rei do Cinema – A extraordinária história de Luiz Severiano Ribeiro (editora Record). 210 páginas

Em 2005 publica a biografia do poeta Torquato Neto, o tropicalista (editora Casa Amarela). 240 pág

Em 2003, escreve o livro Darcy Ribeiro, editado pelo Senado Federal como parte integrante da série Grandes Vultos que Honraram o Senado. 212 páginas.

Em 2001, publica pela Editora Record, a biografia “Paulo Leminski, o bandido que sabia latim”. 380 páginas.

De março de 1998 a abril de 2002, exerceu as funções de Editor Chefe da revista PESCA ESPORTIVA e repórter especial da revista NÁUTICA, ambas publicações da Editora Grupo Um – São Paulo.

De outubro de 1997 a janeiro de 1998, trabalhou como produtor e editor de jornalismo na CBS Television, Miami, EUA.

De maio a setembro de 1996, morando em Nova York, trabalhou como produtor e editor free-lancer no escritório da Rede Globo International.

Durante o ano de 1995 e até setembro de 1996, exerceu a função de Chefe de Redação do Sistema Brasileiro de Televisão – SBT – durante administração do jornalista Roberto Cabrini, em Nova York.

De 1982 a 1995 trabalhou na Rede Globo, Rio de Janeiro, como Editor de Texto nos programas Globo Esporte, Jornal Nacional e Fantástico, onde exerceu também as funções de roteirista. No mesmo período, trabalhou como Editor de Fórmula I e do programa Sinal Verde.

De fevereiro a maio de 1991 trabalhou como repórter freelancer para a revista de Domingo do Jornal do Brasil, RJ.

De 1979 a 1981 foi editor de texto do Jornal Bandeirantes (TV Bandeirantes), Rio de Janeiro.

De outubro de 1979 a abril de 1980, exerceu a função de Editor de Texto da revista mensal P&D – Planejamento e Desenvolvimento, do Ministério do Planejamento.

Em 1978/79 trabalhou como repórter da revista semanal ISTOÉ, na sucursal do Rio de Janeiro.

Em 1974 exerceu a função de produtor do programa GRANDES ENCONTROS, transmitido ao vivo pela TV Paraná, Canal 6, de Curitiba;

De maio 1973 a maio 1974, trabalhou como repórter do Diário da Tarde (Grupo Gazeta do Povo), em Curitiba, Paraná. 
  
SERVIÇO:
Oficina de Texto com Toninho Vaz.
Endereço: Rua Hadock Lobo, 130, Rio Comprido, Rio de Janeiro
Dia: 01/06 (sábado)
Horário: 14 às 18h
Turma com apenas 10 alunos.
Investimento: R$ 120,00* mensais .*Os(as) ganhadores(as) das bolsas de 50% pagarão apenas R$ 60,00
Informações e Inscrições: 
(21) 9984-6020
contato@mdproducoes.com

Para conhecer melhor o trabalho e as obras do autor, recomenda-se uma visita ao blog portfólio (http://www.toninhovaz.blogspot.com/) ou ao verbete Toninho Vaz na Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Toninho_Vaz .

Curta e Compartilhe:
https://www.facebook.com/ComunidadeARTISTAS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.