terça-feira, 30 de julho de 2013

ATORES: 7 testes de elenco de grandes atores de Hollywood



Anne Hathaway, ganhadora do Oscar de Melhor Atriz por Os Miseráveis (2012), caiu da cadeira durante o teste de elenco para o primeiro longa de sua carreira. Ops. Poderia ter sido um desastre, mas o tombo foi, na verdade, o que acabou lhe garantindo o papel da desajeitada herdeira da coroa da Genovia, Mia Thermopolis, em O Diário da Princesa (2001).Muito antes de um filme chegar às telonas, ele começa a tomar vida com as escolhas dos atores – uma decisão que pode, literalmente, definir a cara de um longa. Entre aqueles que poderiam ter sido e os que foram de fato escolhidos, veja os testes de elenco de 7 grandes atores de Hollywood:

1. Scarlett Johansson




Você se lembra de Kirsten Dunst no filme Jumanji (1995), certo? Mas talvez não saiba que a pequena Judy Shepherd quase teve outro rosto: aos 11 anos, Scarlett Johansson fez o teste para interpretar a menina que acaba, por acidente, “acordando” um jogo de tabuleiro com desafios extremamente reais. Scarlett, que havia atuado em apenas um filme até aquele momento, acabou não conseguindo o papel. Kirsten, que interpretou Mary Jane Watson na trilogia Homem Aranha (2002 – 2007), do diretor Sam Raimi, tinha apenas 13 anos quando o longa chegou às telonas, mas já contava com sete filmes no currículo – entre eles, Entrevista com o vampiro (1994). 



2. Natalie Portman




Parece ser um consenso: é difícil encontrar alguém que não considere Natalie Portman uma grande atriz. E a conclusão veio desde o seu primeiro papel. Muito antes de ser consagrada com o Oscar por sua atuação em Cisne Negro (2010), Natalie encantou Todd M. Thaler. O diretor de elenco pensou, inicialmente, em descartar a atriz por achá-la jovem demais para interpretar Mathilda, jovem que busca vingança pelo assassinato de seu pai com a ajuda do matador Léon, em O Profissional (1994). Mas a atuação da pequena, que tinha apenas 11 anos na época dos testes, não deixou dúvidas: Natalie conseguiu o icônico papel naquele que foi seu primeiro longa-metragem. 


3. Robert De Niro




Em 1974, Robert De Niro passou a fazer parte da mais poderosa famiglia do cinema – mas seu papel entre os Corleone poderia ter sido bem diferente. O ator fez testes para os papéis dos irmãos Sonny (vídeo acima) e Michael, e chegou até mesmo a ser escalado para viver o marido de Connie Corleone, Carlo Rizzi, antes de, finalmente, ser decidido que ele interpretaria a versão jovem d’O Padrinho, Vito Corleone, em O Poderoso Chefão II. Melhor para ele. O papel lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator e impulsionou sua carreira repleta de atuações memoráveis.

 

4 e 5. Kurt Russell e Harrison Ford



Hoje pode parecer impossível imaginar qualquer outro ator na pele do charmoso mercenário Han Solo, vivido por Harrison Ford nos episódios IV, V e VI de Star Wars (1977-1983). Mas, em um primeiro momento, Harrison não foi sequer cogitado para o cobiçado papel. A fila de “pretendentes” era enorme: Kurt Russell (vídeo acima), Nick Nolte, Christopher Walken, Jack Nicholson, Al Pacino, Chevy Chase (sim, o Pierce Hawthorne, de Community), Steve Martin, Bill Murray, Robert Englund, Sylvester Stallone (!) e até mesmo John Travolta competiram para pilotar a Millenium Falcon ao lado do peludo Chewbacca. Mas não teve para ninguém: quando George Lucas viu o teste de Harrison soube que ele era a escolha perfeita. Tire a prova vendo o teste do ator, junto de Mark “Luke Skywalker” Hammil.


6. Audrey Tautou



Não precisa falar francês para ter certeza que Audrey Tautou nasceu para interpretar a sonhadora Amélie. Em seu teste, a francesa de grandes olhos já é a personagem que conheceríamos a fundo em O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001). Por isso, talvez, seja mais curioso pensar que foi praticamente o acaso que levou Audrey ao papel. O roteirista Jean-Pierre Jeunet escreveu o filme tendo em mente a britânica Emily Watson na pele de Amélie. Mas a atriz acabou recusando o papel escrito sob medida – compromissos com as filmagens de Assassinato em Gosford Park e suas dificuldades com a língua francesa deixaram o lugar vago na produção que recebeu cinco indicações ao Oscar. 


Mais de 400 garotas, vindas de todos os cantos dos Estados Unidos, fizeram testes para o papel-título de Preciosa (2009), adaptação cinematográfica do livro de Sapphire. Entre elas, estava Gabourey Sidibe. A garota não tinha qualquer interesse em atuar – acompanhou desde cedo as desventuras financeiras de sua mãe, uma artista de rua, e não desejava seguir os mesmo caminho de insegurança. Mas, por incentivo dos amigos, acabou aparecendo para as audições para o papel de Clareece Jones. No vídeo, fica fácil entender porque ela acabou desbancando as outras 399 concorrentes e ainda conseguiu arrematar uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz por sua atuação.
Curta e Compartilhe:
https://www.facebook.com/ComunidadeARTISTAS
Siga no Twitter: @Comu_ARTISTAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.