segunda-feira, 8 de julho de 2013

MÚSICA: Ceumar apresenta o show “Meu mundo só tem começo, meus desejos não tem fim…” no Teatro Rival - RJ


A cantora Ceumar apresentará pela primeira vez no Teatro Rival o show “Meu mundo só tem começo, meus desejos não tem fim…”

SOBRE:

O encontro de Ceumar com a percussionista Priscila Brigante e com a baixista Lelena Anhaia (que a acompanha desde o CD “sempreviva!”), mostra a versatilidade e a força feminina que sua música instiga. Após a turnê pelo interior de São Paulo, dentro da programação do CIRCUITO SESC DE ARTES 2012 e Virada Cultural Paulista, sempre se apresentando em palcos abertos, o trio se reencontra em 2013 para apresentações no Auditório Ibirapuera (SP), Sesc Santos, Sesc Santo André, com sucesso de bilheteria. Para a temporada de julho/2013, incluindo Rio de Janeiro, São João del Rei, Aracajú e Belém, o show contará com a participação especial do músico e produtor musical holandês, Ben Mendes.
O repertório do show “meu mundo só tem começo, meus desejos não têm fim” passeia por todos os álbuns da cantora e traz uma sonoridade mais pulsante na formação “power-trio”. Dentre as músicas, “São Genésio” (Gero Camilo), “Pecadinhos” (Zeca Baleiro e Tata Fernandes), “O seu olhar” (Paulo Tatit e Arnaldo Antunes), “Dindinha” (Zeca Baleiro) e Gira de Meninos (Ceumar e Sérgio Pererê).
Como resumiu Ceumar:
“O show é baseado nas músicas dos meus CD’s, um passeio por todos eles com algumas novas que já tenho experimentado.
A presença das meninas é marcante para este show, no que cada uma tem de mais especial. Lelena (baixo, voz, cavaquinho) já me acompanha há bastante tempo e temos uma sintonia finíssima no palco. Priscila (bateria e percussão) brinca com os ritmos, dá nova cor às canções com uma dinâmica ímpar. Somos 3 no palco em total entrosamento e liberdade!”
Músicos:
CEUMAR – voz, violão e pandeiro
LELENA ANHAIA – baixo, cavaquinho e voz
PRISCILA BRIGANTE – bateria, percussão e voz
BEN MENDES – sax (participação especial)
TRAJETÓRIA
Apesar dos últimos anos serem marcados por turnês e projetos internacionais (Ceumar se mudou para a Holanda em 2009), a artista mineira não se desligou do Brasil,  pelo contrário, vem levando suas mais profundas raízes para todas as partes do mundo. Dividir o palco com músicos estrangeiros tem sido também uma experiência rica e repleta de aprendizagens na trajetória de Ceumar.
Em 2011, por exemplo, esteve em Israel em seis concertos com o grupo “Chorolê”, foi convidada pela Budapeste Festival Orchestra para quatro concertos na Hungria no qual cantava Villa Lobos e Marcelo Tupinambá, realizou o projeto Krasz Collective com um trio de cordas (viola, violino e baixo) em teatros e festivais da Holanda, viajou à Galícia para participar com a cantora Uxia da programação de shows em comemoração dos 25 anos de sua carreira, além de concertos solo nas cidades de Coruna e Santiago de Compostela. No final de 2012, participou da trilha ao vivo do espetáculo de dança “Romeu & Júlia”, em 40 concertos pela Europa, ao lado da renomada companhia de dança contemporânea “Scapino Ballet Rotterdam” (http://www.scapinoballet.nl/nl/pages/voorstellingen+romeo_julia_7). O regente IVAN FISCHER convidou-a para cantar com a Filarmônica de Berlim em fevereiro de 2014, novamente Villa Lobos e Marcelo Tupinambá. Atualmente está trabalhando o repertório para o seu próximo CD com músicas inéditas.
ÁLBUNS
Dindinha (2000), seu disco de estreia produzido por Zeca Baleiro, é ainda hoje o álbum que norteia sua carreira musical e que foi relançado no final de 2012 pelo Selo CIRCUS.
Em 2003, lança sempreviva!, em que assina a produção musical e arranjos.
Dois anos mais tarde, Ceumar e Dante Ozzetti participam do Festival da TV Cultura e a partir daí criam juntos o CD Achou! (2006), lançado pela gravadora MCD, com composições de Dante em parcerias com autores diversos como Luiz Tatit, Chico César, Zeca Baleiro, Zélia Duncan, Alzira Espíndola e Kléber Albuquerque.
Com o lançamento de Meu Nome (2009) – seu quarto CD e título de estreia do selo Circus Produções Culturais e Fonográficas – Ceumar apresenta ao público um lado pouco conhecido: o de compositora. Todas as 20 músicas do disco levam sua assinatura.
Meu Nome, produzido pelo músico e produtor holandês Ben Mendes, é o registro ao vivo dos shows realizados no Teatro Fecap, em maio e junho de 2008, em que, basicamente, Ceumar só teve a companhia no palco de seus violões. Das 20 faixas do novo trabalho, oito composições têm letra e música de sua autoria. Nas demais, há espaço para compor com parceiros já conhecidos como Dante Ozzetti, Kléber Albuquerque, Gero Camilo, Tata Fernandes e Sérgio Pererê, além de criar canções pela primeira vez com o pianista cubano Yaniel Matos, Estrela Ruiz Leminski, Mathilda Kóvak e Etel Frota.
Live in Amsterdam (2010), o quinto álbum gravado e mixado em Amsterdam, em colaboração com os holandeses Mike del Ferro (piano), Olaf Keus (bateria) e Frans van der Hoeven (baixo acústico), traz releituras de canções da carreira e uma inédita de Zeca Baleiro: Iá Iá.
VIDEOS:
Ceumar | Pecadinhos | SESC Belenzinho | 2012
Ceumar – Avesso – Programa Ensaio / TV Cultura
Meu mundo (Ceumar/Tata Fernandes)
CEUMAR ( música + entrevista) – CIRCUITO SESC DE ARTES 2012
Making of da turnê MEU NOME – 2010 (patrocinada pelo Banco do Brasil / Lei Rouanet)


SERVIÇO:
Ceumar
“Meu mundo só tem começo, meus desejos não tem fim…”
Teatro Rival Petrobras
Dia: 18/07 Quinta-feira
Horário: 19h30
Rua Álvaro Alvim, 33/37, Cinelândia, Rio de Janeiro
Ingressos:
Setor A / Mezanino / Setor B:
R$ 50,00 (Inteira)
R$ 30,00 (Promoção para os 200 primeiros pagantes)
R$ 25,00 (Estudantes / Idosos / Professores da rede municipal)
Classificação: 16 anos

Curta Ceumar no Facebook AQUI.

Curta e Compartilhe:
https://www.facebook.com/ComunidadeARTISTAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.