segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

TV: "Fiquei velho e não sei correr atrás de trabalho para mim" , diz Sérgio Hondjakoff, o Cabeção de Malhação


Um bom exemplo para quem trabalha na área artística e acha que não é importante estudar ou se dedicar...

Afastado da mídia desde 2012, quando deixou a Record, o ator Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção de "Malhação" conversou com o UOL, nesta terça-feira (17) e contou que seu desejo é voltar para Rede Globo, onde iniciou sua carreira.

"Meu sonho é voltar a atuar em 'Malhação' ou pelo menos fazer uma participação. Adoraria fazer uma cena de quatro capítulos com a Fernanda Souza [atualmente a atriz interpreta Bernadete]", afirmou Serginho (como é conhecido), que até hoje é associado ao papel que viveu na trama adolescente, dos 15 aos 21 anos.

"Estou esperando ser chamado para testes, queria voltar para Globo. Me arrependo de ter saído de 'Malhação' para ir fazer outras novelas, interpretar outros personagens... Acho que deveria ter ficado mais um pouco. Mas ao mesmo tempo, tinha medo que as pessoas enjoassem de mim", completou o ator.

Sua última participação na Globo em uma novela foi em "Pé na Jaca" (2006), de Carlos Lombardi [atualmente na Record]. O ator fez uma avaliação de seu personagem e afirmou que foi imaturo ao dar vida ao Nuno Botelho. "Não mandei tão bem quanto poderia, quis transformá-lo em um galãzinho ao invés de deixá-lo mais engraçado...".

Em 2013, Serginho teve a oportunidade voltar para mídia em "A Fazenda 4", mas preferiu não participar do reality show, com medo de prejudicar sua imagem. "Tenho hérnia de disco e fiquei com medo de ir, me machucar, além de brigar com alguém e me queimar. No fim, me arrependi de não ter ido", confessou o ator.

Sem contato com os antigos colegas de profissão, como Cauã Reymond, Fernanda Souza, Fernanda Vasconcellos e Thiago Rodrigues, Serginho tenta conversar com os atores pela rede social Facebook. "Outro dia encontrei com o Thiago [Rodrigues] em uma balada. Deveria ter tirado uma foto", disse.

Na carreira artística desde os quatro anos, Serginho sente falta de não ter a mãe ou um empresário por perto para lhe ajudar a voltar para TV. "O tempo passou, fiquei velho e não sei correr atrás de trabalho para mim. Quando era menor, minha mãe enviava o meu material, corria atrás dos testes... Também acho inconveniente ficar enviando e-mail para autor, diretor. Medo de parecer chato".

O ator também falou sobre seu tipo físico, que ele acredita ser um empecilho na hora de conseguir papeis. "Acho que pelo fato de eu ser ruivo atrapalha. A gente vê muito ruivo somente em comercial. Parece que agora está na moda".

Para 2014, Serginho aguarda não só voltar para televisão, como também para o teatro e quem sabe ingressar em um curso superior. "Uma pena não ter feito faculdade. Nunca prestei um vestibular na minha vida. Espero pelo menos fazer o Enem (exame Nacional do Ensino Médio) o ano que vem", confessou.

Carreira musical

Com 29 anos, Serginho mora em um apartamento próprio no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro e divide com o pai o condomínio do imóvel. Para complementar os outros gastos, ele usa o dinheiro de sua poupança. Além disso, o ator tem feito algumas presenças Vips e tenta faturar como cantor de funk.

Recentemente, Serginho formou dupla com o amigo Dino Boyer e a primeira música de trabalho é "Basta Tocar o Tamborzão", uma espécie de funk melody inspirado no MC Leozinho.


"Minha experiência na música vem da época em que cantava com o grupo Terra Encantada (de um parque de diversões no Rio de Janeiro) e dos musicais que participei", contou Hondjakoff, que tem enfrentado o desafio de cantar ao vivo. "Antigamente só usa playback, não cantava ao vivo".


Fonte: AQUI.


Acesse: www.comunidadeartistas.com.br
Curta: facebook.com/ComunidadeARTISTAS
Siga no Instagram: @comunidadeartistas
Siga no Twitter: @Comu_ARTISTAS
Inscreva-se: http://www.youtube.com/user/ComunidadeARTISTAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.